fbpx

Dúvidas? Entre em contato com nosso time!

Selecione e contrate agora a Senhor Contábil

HomeBlog Senhor ContábilContabilidade OnlineRotinas contábeisTributárioContabilidade para desenvolvedores: você pode pagar menos impostos.

Contabilidade para desenvolvedores: você pode pagar menos impostos.

Postagens recentes

A contabilidade para desenvolvedores é um assunto fundamental para aqueles que estão embarcando na jornada de desenvolvedores autônomos.

Nos últimos anos, temos testemunhado um notável aumento no número de desenvolvedores independentes, e isso tem conquistado um espaço significativo no mercado.

Segundo um estudo recente, esses profissionais têm experimentado um crescimento médio anual de 25% em seus empreendimentos.

Com essa expansão, surgem novas responsabilidades e deveres, especialmente a necessidade de mudar de categoria de impostos e declarar valores adicionais Tudo isso, naturalmente, traz muitas dúvidas em relação à contabilidade e ao pagamento de impostos.

Para você compreender um pouco mais sobre a contabilidade para desenvolvedores, preparamos este artigo completo.

Afinal, entender melhor as práticas contábeis garante que você cumpra suas obrigações fiscais de forma eficiente, sem pagar mais impostos do que o necessário. Confira mais abaixo!

Conheça os Regimes Tributários para Desenvolvedores Autônomos

Ao iniciar sua jornada como desenvolvedor autônomo, é essencial compreender os diferentes regimes tributários disponíveis e escolher o mais adequado para o seu negócio.

Além disso, conhecer quais são as opções e entender suas características, seus critérios de enquadramento, suas vantagens e desvantagens será de grande relevância para tomar uma decisão informada e segura.

Nesta seção, além de conhecer os principais regimes tributários, você vai entender como a contabilidade para desenvolvedores é dividida. Portanto, esteja atento a essas informações, pois elas serão fundamentais para o sucesso e a sustentabilidade do seu negócio como desenvolvedor autônomo

Simples Nacional

É um regime tributário simplificado destinado a pequenas e médias empresas.

Ele oferece uma forma simplificada de recolhimento de impostos, unificando diversos tributos em uma única guia de pagamento.

Vantagens do Simples Nacional:

  • Cálculo simplificado dos impostos;
  • Redução da burocracia contábil;
  • Alíquotas progressivas de acordo com o faturamento;
  • Menor carga tributária em comparação a outros regimes.

Desvantagens do Simples Nacional:

  • Restrições a algumas atividades profissionais;
  • Limitações de faturamento anual (R$ 4,8 milhões por ano);
  • Alíquotas progressivas podem aumentar conforme o crescimento da receita.

Lucro Presumido

Trata-se de uma forma de tributos baseado na estimativa do lucro da empresa, determinado por percentuais previamente fixados pela legislação.

Nesse regime, é aplicada uma alíquota sobre a receita presumida para o cálculo dos impostos.

Vantagens do Lucro Presumido:

  • Menor complexidade contábil em comparação ao Lucro Real;
  • Maior liberdade na escolha de atividades permitidas;
  • Alíquotas mais baixas do que o Lucro Real em algumas situações.
  • Desvantagens do Lucro Presumido:
  • Menor flexibilidade na dedução de despesas;
  • Possibilidade de pagar mais impostos do que o Lucro Real em alguns casos.

Desvantagens do Lucro Presumido:

  • Limitação da base de cálculo;
  • Complexibilidade de cálculo envolvendo as percentuais e aplicações de alíquotas específicas para cada tipo de atividade;
  • Menor possibilidade de aproveitamento de créditos fiscais como os de PIS e COFINS.

Lucro Real:

Este regime considera o lucro líquido apurado pela empresa em sua contabilidade. Nele, os impostos são calculados com base nos resultados efetivos do negócio.

Vantagens do Lucro Real:

  • Possibilidade de deduzir despesas operacionais efetivas;
  • Maior flexibilidade contábil;
  • Indicado para empresas com margens de lucro reduzidas.

Desvantagens do Lucro Real:

  • Maior complexidade contábil;
  • Exigência de manter uma contabilidade mais detalhada;
  • Possibilidade de pagar mais impostos em comparação aos regimes simplificados.

Cada opção possui suas particularidades, e é importante considerar fatores como o faturamento, despesas, margens de lucro e projeções futuras.

Quando falamos de contabilidade para desenvolvedores autônomos, geralmente o Simples Nacional é a melhor opção, mas caso você expanda e crie uma empresa, outras modalidades podem fazer mais sentido.

Entenda suas obrigações fiscais e contábeis como um desenvolvedor autônomo

Existem alguns itens que a contabilidade para desenvolvedores irá exigir de você como um trabalhador autônomo. Dessa forma, você estará de acordo com as leis e legislações e não terá que se preocupar com dores de cabeça e problemas fiscais futuros.

Os principais encargos são:

Emissão de Notas Fiscais

Verifique as exigências da sua região em relação à emissão de notas fiscais, seja ela eletrônica ou em papel e mantenha um controle organizado das notas emitidas e recebidas.

Controle de Receitas e Despesas

O controle pode ser feito por meio de uma planilha, software de gestão financeira ou contabilidade.

Registre todas as entradas de dinheiro, incluindo pagamentos recebidos por serviços prestados, e todas as saídas, como despesas operacionais e investimentos.

Recolhimento de Impostos

Como desenvolvedor autônomo, você deve estar ciente dos impostos que deve recolher.

Os principais impostos a considerar são:

  • Imposto sobre Serviços (ISS);
  • Contribuição para a Seguridade Social (INSS);
  • Documento de Arrecadação do Simples Nacional (DAS) – caso você opte por este sistema tributário.

Entrega de Declarações Fiscais

Além do recolhimento de impostos, você também precisará realizar a entrega de declarações fiscais obrigatórias.

A mais comum é a Declaração de Imposto de Renda de Pessoa Física (DIRPF), que deve ser enviada anualmente.

Fique atento aos prazos estabelecidos pela Receita Federal para evitar multas e penalidades. Novamente, contar com a assessoria de uma contabilidade para desenvolvedores pode facilitar esse processo.

Pague Menos Impostos com essas deduções fiscais

Como desenvolvedor autônomo, você pode aproveitar algumas deduções fiscais para reduzir sua carga tributária de forma legal e eficiente.

Despesas com Equipamentos

Essas despesas podem ser dedutíveis, desde que estejam relacionadas diretamente ao desenvolvimento de sua atividade profissional. Alguns exemplos de despesas com equipamentos que podem ser consideradas incluem:

  • Computadores e laptops;
  • Tablets e smartphones;
  • Periféricos (teclados, mouses, monitores, etc.);
  • Softwares específicos para programação.

Certifique-se de manter registros adequados dessas despesas, como notas fiscais e comprovantes de pagamento.

Serviços Contábeis

Contar com o suporte de uma contabilidade para desenvolvedores pode ser de grande ajuda para garantir a conformidade fiscal e aproveitar todas as deduções disponíveis.

Os honorários pagos a um contador para auxiliá-lo nas questões contábeis e fiscais também podem ser dedutíveis.

Despesas com Educação e Saúde

Cursos, treinamentos, workshops e palestras voltados para o aperfeiçoamento profissional podem ser considerados para dedução. Certifique-se de que esses investimentos estejam relacionados diretamente ao desenvolvimento de suas habilidades como programador.Banner blog

O futuro da contabilidade para desenvolvedores autônomos

Como o mercado de tecnologia não para de crescer, a contabilidade para desenvolvedores autônomos será cada vez mais especializada e adaptada às necessidades desse mercado em ascensão. Além disso, contar com contadores especializados e soluções tecnológicas adequadas será essencial para lidar com os desafios e garantir uma gestão financeira eficiente.

Ademais, a contabilidade continuará sendo um aspecto fundamental para o sucesso dos desenvolvedores autônomos no ambiente empresarial em constante evolução. Portanto, é crucial manter-se atualizado e alinhado com as melhores práticas contábeis nesse setor dinâmico.

Há mais de 08 anos realizando a gestão contábil e fiscal de empreendedores em todo o Brasil. Fale com nossos especialistas e migre agora sua empresa de MEI para ME.

CNPJ: 24.233.534/0001-26
CRC: 2SP035218

Receba nossa newsletter

Enviamos apenas e-mails interessantes e relevantes.

Ative o JavaScript no seu navegador para preencher este formulário.
© Copyright 2024 | Senhor Contábil – Todos os direitos reservados.

Soluções para sua empresa

Fale com um especialista

Preencha as informações que em breve entraremos em contato com você.
Ative o JavaScript no seu navegador para preencher este formulário.
Você prefere que o especialista te contate por:

Obrigado por nos contatar!

Entraremos em contato em breve.